Tubarão nada em direção ao mergulhador para o abraçar sempre que ele mergulha à sua volta

Rick Anderson, instrutor de mergulho há 27 anos, sempre adorou estar debaixo de água e nunca teve nenhum problema.

Pelo contrário, Rick fez um amigo muito especial: um tubarão-fêmea! “Comecei a brincar com ela há cerca de 7 anos, quando ela era apenas um bebé, com cerca de 15cm de comprimento. Aproximei-me cautelosamente para não a assustar, então comecei a acaricia-la suavemente. Quando ela se habituou a mim, peguei nela com a minha mãe e falei com ela calmamente através do meu regulador”, conta.

A prova da relação adorável entre os dois está nas imagens de cumplicidade tiradas pelo mergulhador.

“A maioria dos mergulhadores que assistem a isto pela primeira vez não conseguem acreditar. Eu brinco com eles como se fossem cães”, diz Rick.

O mergulhador espera que a sua experiência incrível seja um exemplo para os seus alunos conseguirem ver que os tubarões não são os monstros que tantas pessoas pintam.

“Sempre me senti confortável a nadar com estes animais”, concluiu Rick, que mergulha com muitas espécies de tubarões.

PARTILHE!