A sogra resolve a situação facilmente…

Certo dia, a D. Maria chega a casa da filha e do genro, e ao reparar que este está bastante zangado e de malas feitas, pergunta:

– Então, o que aconteceu, Manel?

– Olhe, minha sogra, fui uns dias numa viagem de trabalho ao estrangeiro e ontem mandei um mail à Isabel a avisar que voltava hoje. E não é que quando chego a casa a encontro com um sujeito, na nossa cama? Foi o limite, é o fim do nosso casamento, vou-me embora.

– Calma Manel, deve haver algo de errado nessa história. A Isabel nunca faria uma coisa dessas. Espera aí, eu vou ver o que se passou.

Passado um pouco, a D. Maria voltou, com um sorriso e visivelmente aliviada, e disse ao genro:

– Eu não disse que havia um equívoco nesta história, meu filho? A Isabel não recebeu o teu mail. Está tudo esclarecido!