Polvos estão a sair do mar e a caminhar em terra durante a noite

Recentemente, em praias do País de Gales, vários polvos têm sido vistos a sair do mar e a caminhar em terra, maioria acabando por morrer de desidratação por não ser capaz de regressar ao mar.

Até agora, foram contados pelo menos 25 polvos de aproximadamente 50 centímetros, em três noites consecutivas na praia de New Quay, em Ceredigion.

Os especialistas ainda não sabem o motivo deste estranho fenómeno, e a única coisa que souberam explicar foi que o número de polvos da espécie Eledone cirrhosa tem aumentado na região por causa do declínio do bacalhau, o seu maior predador.

Brett Jones, gerente de uma empresa de passeios para ver golfinhos, foi o primeiro a ver o acontecimento.

“Parecia uma cena de “Os Dias do Fim”. Uns 25 polvos no areal. Nunca tinha visto sequer um fora de água, quanto mais a andar assim pela areia”, conta Brett.

Os polvos são animais excelentes na caça e conseguem perseguir caranguejos e outras presas em terra, porém sempre a curtas distâncias da água, e não como se tem verificado, longe e sem uma finalidade.

“Talvez tenham ficado desorientados com a poluição luminosa do porto de New Quay, ou então estão a morrer por causa do fim do verão ou por terem ficado de alguma forma feridos nas recentes tempestades”, diz Brett.

Atualmente, os habitantes de Cardigan Bay estão a tentar salvar os animais, colocando-os de volta no mar, mas muitos não sobrevivem depois de passar demasiado tempo fora de água.

Veja o vídeo e PARTILHE!