Mãe tem gémeos. 3 anos depois, médico vê trigémeos no seu útero e conclui algo surpreendente sobre as suas caras

Há 10 anos atrás, Teri Nobles deu à luz o seu filho Logan. Então, em 2015, ela ficou grávida de gémeos idênticos, Marcel e Victor. Infelizmente, Victor faleceu ao nascer. Como se a família deles não fosse grande o suficiente, o parceiro de Teri tem dois filhos de um relacionamento anterior. Mas agora a mãe residente em Joliet, Illinois, está a tornar-se conhecida com a sua mais recente gravidez – que os médicos chamam de “uma num milhão”. Até mesmo a equipa médica da Advocate Good Samaritan Hospital ficou chocada e empolgada com a sua história incrivelmente rara.

Teri recentemente ficou grávida de trigémeos. É isso mesmo… primeiro veio Logan, depois gémeos e agora trigémeos! O mais surpreendente é que Teri concebeu os seus bebés naturalmente, sem recorrer à fertilização in vitro ou outros tratamentos de fertilidade. E ainda por cima, ela não tem histórico de nascimentos múltiplos na sua família. Vincent, Santino e Andres nasceram prematuramente por cesariana enquanto Santino, que partilhou uma placenta com Andres, parou de crescer dentro do útero.

O obstetra de Teri diz que viu apenas alguns casos em que uma mulher dá à luz um filho, depois gémeos, e então trigémeos. Mas há ainda outra razão pela qual o caso de Teri de trigémeos é tão incrivelmente raro…

Veja o vídeo e PARTILHE!