Mãe abusa filha adotiva em jantar, favorecendo o “filho verdadeiro” até que um cliente intervém

Há cerca de meio milhão de crianças atualmente a viver no sistema de assistência social americano. Mais de 18.000 crianças adotivas vivem no Arizona, um estado com um dos maiores números de filhos adotivos no país. A maioria das famílias adotivas é maravilhosa e não tem nada além das melhores intenções para essas crianças necessitadas. Mas, infelizmente, algumas famílias aproveitam o sistema, levando o dinheiro que o estado oferece para cuidar de um filho adotivo e usá-lo para si ou para seus filhos biológicos.

No vídeo abaixo, uma família de três pessoas senta-se para almoçar no restaurante Sugar Bowl em Scottsdale, Arizona – a mãe Angela, a sua filha adotiva Emma e o seu filho biológico Xavier. Poucos momentos depois da sua chegada, outros clientes não podem deixar de reparar em quão mal ela trata Emma, enquanto trata Xavier como ouro.

Ela recusa-se a alimentar Emma com o mesmo que Xavier, e quando Emma implora por um sundae, Angela dá uma explicação verdadeiramente desprezível: “ele é meu filho verdadeiro e tu és minha filha adotiva, eu só recebo uma certa quantia de dinheiro do governo e não estou para gastá-la contigo”.

Angela, que afirma que o seu único trabalho é criar os seus filhos, chega a ponto de prometer a Xavier um iPad se eles não deixarem Emma conseguir o que quer. Ela até ameaça levar Emma de volta para um orfanato se ela não obedecer às suas regras absurdas!

As coisas tomam um rumo emocional quando a família de três se dirige para o balcão. Felizmente, tudo isso é uma experiência social cuidadosamente planeada por What Would You Do?, e Angela, Emma e Xavier são atores.

Mas os clientes não são atores, e eles não fazem ideia de que as suas reações ao abuso flagrante estão a ser filmadas por câmaras escondidas. Apenas espere até ao final, quando um homem sentado ao lado de Emma ouve a interação. Vai precisar de lenços…

PARTILHE!