Jurados encolhem-se por vergonha alheia enquanto observam os movimentos de dança deste concorrente – até que a coreografia muda e todos percebem que foram enganados

Desde muito cedo, aprendemos que não devemos julgar as pessoas apenas pela sua aparência, mas para os jurados de concursos de talentos, essa é uma lição que continuam em falta repetidas vezes.

O exemplo mais recente desse tipo de suposição equivocada sobre o talento deu-se no programa Das Supertalent, a versão do America’s Got Talent da Alemanha.

Subiu ao palco um homem com algumas entradas, vestido com calças de treino folgadas e cinzentas, uma camisola branca simples e óculos de nerd.

Mas Andreas, o dançarino, tinha um plano: brincar com as suposições das pessoas, de que ele não seria mesmo talentoso. Ele queria realmente que os jurados duvidassem dele.

Tomando posição muito rigidamente, Andreas colocou-se no centro do palco. De repente, a música do genérico de “The Fresh Prince of Bel-Air” começa a tocar. Aí, ele começa a dançar, desajeitado e sem ritmo. Todos os jurados fazem expressões céticas, e um deles desvia completamente a cara…

Provavelmente foi mais do que rudez aquilo que levou os juízes a dispensar o pobre Andreas – nos 12 anos do programa alemão, quase todos os vencedores foram cantores.

Nunca um dançarino tinha conquistado o primeiro lugar no concurso de talentos, e não parecia que Andreas vai mudar isso.

Finalmente, a música foi cortada de repente. E quando começou a tocar novamente, os jurados ficaram encantados e atordoados.

A música muda do hip-hop da velha escola para a mais moderna música eletrónica. Andreas aproveita esse momento para tirar os óculos e, como o Super-Homem, levantar voo. Ou, neste caso, começar a dançar de verdade.

Os movimentos de Andreas foram tão incríveis que deixam o coreógrafo americano Bruce Darnell de queixo caído. Dieter Bohlen, um músico alemão, abriu um sorriso depois de descartar o dançarino, como uma causa perdida. A cantora holandesa Sylvie van der Vaart entrou no espírito, agitando os braços, aplaudindo e dando encorajamento.

Os jurados ficaram surpreendidos com a maneira como Andreas conseguiu executar movimentos a que muitos dançarinos têm dificuldade.

O truque genial de Andreas valeu-lhe atenção internacional, no entanto, para ser o primeiro dançarino a levar o título de vencedor para casa, ele precisará de algo mais. No programa, os jurados só o subestimam uma vez, e o público exige sempre mais.

Veja a sua performance incrível no vídeo e PARTILHE!