Senhor de 91 anos foi filmado a colocar gesso numa parede. Mas quando a camara se afastou… Inacreditável!

Já todos ouvimos falar sobre Einstein, um génio que tinha um quanto de loucura. Mesmo com essa loucura, ele descobriu coisas que ajudou em muito a nossa sociedade a evoluir. O problema é que, muitas vezes, estes génios são insultados em vez de serem valorizados.

Justo Gallego é outro exemplo disto. Este homem passou 50 anos da sua vida a construir uma catedral, na sua maioria com materiais reciclados, tudo pela sua própria mão. Ao início, quando contou aos seus vizinhos o que ia fazer todos o ridicularizam e chamaram de louco.

Justo é um homem devoto e fiel à sua religião, no entanto, 36 anos depois, foi expulso do mosteiro por sofrer de uma doença grave, tendo que regressar à sua cidade natal, onde escolheu construir a catedral. Apesar do seu amor à religião, ele não tinha qualquer experiência no ramo da construção ou da arquitetura para saber como construir algo assim. No entanto, pegando em materiais reciclados, ele começou a construir passo a passo a sua obra.

Passados 50 anos, a obra começa a ganhar forma e, apesar de ser algo construído por apenas um homem e com materiais reciclados, a catedral está magnifica, uma construção de enorme magnitude para apenas um homem.

A catedral ocupa um quarteirão inteiro e tem uma altura de 35 metros. No entanto, por ter sido construída com materiais reciclados, não há grandes garantias de durabilidade ou de segurança.

Justo, como bom homem que é, deixa qualquer pessoa visitar a sua obra, e visitantes não lhe faltam. A sua obra já chegou a aparecer até em anúncios e documentários!

Este homem já leva 90 anos, 91 em Setembro, e é bem provável que não chegue a ver a sua obra totalmente concluída. Até já se pensa no que fazer caso este homem morra, e o mais provável é ser demolida.

Justo também já pensa nesse caso, e pediu para o enterrarem numa cripta que ele construiu por baixo da igreja.