Cheerleaders rodeiam rapariga da equipa rival. Ações capturadas em vídeo deixam a internet incrédula

Estar no ensino secundário nem sempre é fácil – mesmo as cheerleaders populares às vezes descobrem que não são assim tão adoradas, especialmente quando estão a competir contra uma equipa rival de outra escola.

Tudo o que Tori Adams queria fazer era torcer pela equipa de basquetebol da Northwestern High School. Mas, quando as líderes de torcida do Hardin-Central começaram a amontoar-se à sua volta, a pobre jovem não sabia se deveria correr ou chorar!

Chegar à claque de torcida pode parecer um sonho para muitas raparigas, mas às vezes as suas companheiras de equipa nem sempre estão lá umas para as outras. Tori sentiu-se desconfortável por ser a única cheerleader da sua escola que apareceu para apoiar as Northwestern Eagles no CLAA Conference Tournament, no Missouri.

Neste vídeo, podemos ver que Tori, vestida de azul, está cercada por um grupo de estranhas. Mas, em vez de se atirarem à líder solitária, como lobos famintos, elas estavam prestes a convidá-la para a sua matilha!

Numa reviravolta inacreditável de eventos, toda a claque da Northwestern ficou doente, com exceção de Tori. Foi um grande dilema, mas a jovem sentiu que alguém precisava de estar lá para representar a sua escola.

“O meu treinador deu-me a opção de torcer ou não torcer, e senti que tinha que estar lá para a equipa”, conta Tori.

Como pode imaginar, Tori estava nervosa, intimidada e levemente desconfortável por fazer tudo sozinha. Foi aí que as meninas da Hardin-Central se aproximaram dela com uma proposta única.

Brenda Milligan, que tem uma filha que torce por Hardin-Central, filmou tudo, e disse: “ela estava envergonhada e com medo, assim como qualquer um de nós ficaria se tivéssemos que torcer para uma grande multidão sozinha. Então, a minha filha e a sua equipa tomaram a liberdade de o fazer com ela”.

Levou apenas um curto período de tempo para as meninas aprenderem os principais aplausos e movimentos da sua equipa rival. Então, elas roubaram o espetáculo ao unir-se e torcer pelas duas escolas!

O papel principal de uma cheerleader é aumentar o ânimo de todos, e desta vez não apenas todos os fãs sentados se encheram de alegria, como os rivais amigáveis ​​deixaram de lado as suas diferenças o tempo suficiente para inspirar gentileza um ao outro. Esta é uma conquista que todos devemos aplaudir!